Ouça Nossa Rádio no 
seu Celular

Obras do Pedral irão acelerar desenvolvimento

01 AGO 2016
01 de Agosto de 2016

A realização das obras do derrocamento do Pedral do Lourenço é comemorada por empresários da região, não só pelo benefício para o próprio negócio como pelo potencial de desenvolvimento regional, que influencia diretamente as empresas e a economia local. A obra já é uma realidade e vai melhorar o escoamento de grãos e produtos siderúrgicos, consolidando o Pará e a região Norte como importante corredor logístico. 

Caetano Candido dos Reis Neto, presidente do Conselho de Jovens Empresários de Marabá, entidade ligada a jovens empresários com até 40 anos da Associação Comercial e Industrial de Marabá (ACIM), destaca a relevância da obra que tornará Marabá uma das poucas cidades no mundo com 4 modais logísticos ativos.

“Não temos dúvidas de que o derrocamento trará mais empreendimentos”, diz Neto. “E nós, jovens empresários, trabalharemos para que tenhamos mais desenvolvimento do agronegócio e mais indústrias que irão se instalar no polo metalmecânico oriundo da possível verticalização mineral na beira do rio Tocantins”. Para ele, esses aspectos irão tornar Marabá e o Pará mais competitivos, pois ainda existem outros projetos logísticos que estão caminhando em paralelo ao derrocamento.

É também com otimismo que o empresário Alexandre Carvalho, presidente do Sindicato dos Operadores Portuários do Estado do Pará (Sindopar) e CEO da Majonav Transporte Fluvial da Bacia Amazônica, destaca a realização do derrocamento. Carioca, ele mora no Pará há 30 anos no Estado, e já se considera um paraense. Carvalho afirma que a iniciativa do Ministério dos Transportes tornará realidade a vocação natural do Pará de grande corredor logístico fluvial do País.

Voltar

Avenida 14 de julho, 91 - Centro
Itupiranga - PA

(94) 3333-1239.

(94) 992034392